quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Pensamento do dia - Ser Jovem!

 Gostei deste texto da Danuza Leao e gostaria de compartilhar com vocês. Ele transmite ideias presentes no mundo atual e aponta criticamente algo que incentiva muitas pessoas: a procura desenfreada pela juventude. Espero que gostem!

 

Como                     dá                    trabalho                 ser (parecer)            jovem

Quem não for jovem, nos dias de hoje, não é ninguém. E se tiver chegado a uma idade que não dê mais para disfarçar, então vai ter que apelar, despudoradamente, e usar de todos os meios para poder entrar na onda, gostou do termo? As roupas, por exemplo, têm que ser ousadas e modernas e, mesmo que o corpo não suporte mais um jeans 38, é muito melhor parecer maluca do que uma senhora distinta. Em primeiro lugar, várias peças de oncinha têm que fazer parte de sua vida: um lencinho, um legging, uma blusa, um blazer – e cabelo grisalho, nem pensar. Use uma cor bem extravagante (...).Sua cabeça – por dentro – também tem que mudar completamente. Esteja sempre a favor de todas as loucuras que seus netos fizerem (...); seu cartaz vai subir às alturas, e ninguém - ninguém mesmo – vai nem de longe ficar fazendo aqueles cálculos horrendos para saber quantos anos você tem.Vai ser precisos decorar algumas expressões e palavras novas; nada evidencia mais a idade de uma pessoa do que termos do passado. Exemplos: não diga jamais a palavra vitrola – diga som; nem fale em disco – só em CD. Se disser anúncio ou reclame,é uma condenação à morte; a palavra certa é publicidade, sacou? (sacou, sim – morou,nem pensar).É necessário estar muito por dentro de todos os movimentos musicais, e aí é preciso muita cautela: não se diz piano, se diz cordas, não se diz conjunto nem orquestra,se diz banda – e pode falar em bateria, mas não se esqueça jamais da percussão. Deu para entender? Então, agora, decore. Também nunca diga que foi ver uma fita de cinema – é sempre um filme. E também é proibido dizer que foi ver uma peça de teatro – se diz o espetáculo. É a vida é difícil, mas não existe outra solução para quem quer permanecer eternamente jovem. Nunca fale de retratos, só de fotos, e de preferência não mostre nenhuma, jamais. E, quando pretender expor uma idéia no seu trabalho, não se esqueça de dizer que vai apresentar um projeto, para ser respeitada pelos colegas e pelo chefe.Se te propuserem um trabalho novo que você não tem a menor idéia do que se trata e está morrendo de medo de aceitar, não confesse isso nem ao travesseiro: diga que considera um desafio, e que você – claro – adora desafios. E esse novo trabalho, seja ele qual for, deve ser considerado um presente – a palavra da moda hoje em dia quando não se sabe o que dizer. Se você aluga uma sala para criar – criar é ótimo – um novo projeto,diga que agora tem um espaço só seu; vai ser muito respeitada por isso.E, quando começarem a falar sobre o passado, amnésia total. Tem gente que adora falar da Grapete, do cuba-libre, da voz do Orlando Silva, das garotas do Alceu, da Revista do Rádio, dos tempos dos bondes, dos cinemas Metro e Rian e de quando Mario Lanza destruía corações. Se você perceber que está entrando na onda nostálgica e prestes a contribuir com a conversa lembrando dos filmes de Maria Antonieta Pons, que ia ver escondido, e do corpo espetacular que tinha Elvira Pagã, o melhor que tem a fazer é dizer que combinou de ver o show de Paralamas e que depois vai a uma festa organizada pelo Valdemente – ou sua reputação estará destruída para sempre.Um grande problema esta história de querer ser jovem para sempre.
(LEÃO, Danusa. O Estado de S. Paulo. 10 out.1997, Caderno Cidades, p.7.)
Até mais amicis!!!
(Texto: Reprodução)

Nenhum comentário:

Postar um comentário